quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Proposta prevê estágio obrigatório para alunos de medicina no SUS
 
Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil Edição: Carolina Pimentel 
         
Os estudantes de medicina terão de fazer estágio obrigatório no Sistema Único de Saúde (SUS). O estágio será na atenção básica, em urgência e emergência, e corresponderá a pelo menos 30% da carga horária prevista para o internato da graduação. Além disso, os alunos passarão a cada dois anos por avaliação obrigatória e classificatória para programas de residência médica. Essas são algumas das mudanças curriculares apresentadas hoje (26) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE).
No documento apresentado nesta quarta-feira, o CNE estabelece seis anos para a graduação, descartando as possibilidades apresentadas inicialmente pelo governo de que o curso tivesse a duração de oito anos.
A reformulação das diretrizes curriculares faz parte da Lei 12.871/2013, que instituiu o Programa Mais Médicos, no ano passado. O CNE ainda está recebendo as últimas sugestões e têm um mês para apresentar a
versão definitiva ao Ministério da Educação (MEC).  As diretrizes atuais foram definidas em 2001.
Pelas novas diretrizes, 35% da carga horária da graduação deverão ser voltadas à prática. Dessa carga, 30% serão no SUS. O restante da carga horária deverá incluir clínica médica, cirurgia, ginecologia-obstetrícia, pediatria, saúde coletiva e saúde mental. Quanto à avaliação dos alunos, será nacional, sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
As diretrizes estipulam também uma maior articulação com a residência médica, que terá como prioridade o atendimento no SUS. A partir de 2018, a residência deverá ser universalizada, ofertada a todos os egressos de 2017.
Os cursos de medicina em funcionamento terão prazo de um ano para implementar as diretrizes às turmas abertas, após a publicação das mudanças. Os estudantes matriculados, antes da vigência das novas regras, poderão graduar-se conforme as diretrizes de 2001 ou optar pelas novas, dependendo da instituição.
A expectativa, com o Mais Médicos, é a abertura de 11.447 vagas em cursos de medicina até 2017 — sendo 3.615 em universidades federais e 7.832 em instituições particulares. Na residência, para a universalização, deverão ser ofertadas 12.372 novas vagas.
Presente na reunião de apresentação das diretrizes, a coordenadora-geral da Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina, Monique França, disse que falta detalhamento das novas propostas, como, por exemplo, de que forma as aulas práticas serão melhoradas, e que devem ser levadas em consideração as especificidades de cada região do país.
A estudante também fez críticas à avaliação nacional. Segundo ela, uma única prova para todo o país não irá abordar aspectos regionais, e, sendo obrigatória e pré-requisito para a residência, poderá prejudicar os estudantes e levar ao ranqueamento das instituições avaliadas. "As atuais diretrizes foram discutidas por quase uma década, essas em 180 dias", ressaltou, dizendo que poucas propostas dos estudantes foram acatadas.
As escolas de medicina também fizeram considerações sobre a avaliação dos estudantes. A presidenta da Associação Brasileira de Educação Médica (Abem), Janete Barbosa, destacou a importância das avaliações institucionais. "As especificidades das instituições devem ser levadas em conta. Isso é importante para que as escolas saibam onde se encontram mais fortes e mais frágeis e possam buscar apoio nesse sentido". Para Janete, o processo de implementação das novas diretrizes é "longo, estamos trabalhando com a formação, com valores".   
O pesquisador e professor de pós-graduação do Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa José Lúcio Machado comparou a avaliação ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) - usado como vestibular nacional para ingresso no ensino superior - e disse que considera a iniciativa um avanço na entrada para a residência médica.
O secretário de Educação Superior e presidente da Comissão Nacional de Residência Médica, Paulo Speller, acredita que o fato de os estudantes terem de permanecer mais tempo atendendo pelo SUS forçará o sistema a se preparar para receber os alunos e profissionais. "Será necessária a infraestrutura adequada para o cenário de prática. Só podemos expandir as vagas nos novos cursos se tivermos como base uma infraestrutura adequada", disse.
A criação de vagas nas particulares, que terão a maior parcela, por meio de editais foi alvo de
críticas das instituições privadas.
Atualmente, o Brasil tem uma média de 1,8 médico por mil habitantes. Com o Mais Médicos, o objetivo é chegar a 2,7 médicos por mil habitantes em 2026, além da distribuição desses profissionais por áreas com déficit de médicos.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014


MIRO TEIXEIRA CONCORRERÁ AO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

O PROS e o PSB se acertaram no Rio. O deputado Miro Teixeira concorrerá ao governo e Romário ao Senado. (Panorama Político - 13-02-2014 (O Globo - Ilimar Franco)

NOTÍCIA ANTERIOR:
Home » Blogs » Anna Ramalho » Miro Teixeira pode ser o
candidato de Eduardo Campos no Rio
Miro Teixeira pode ser o candidato de Eduardo Campos no Rio
 

Miro Teixeira pode ser o candidato de Eduardo Campos no Rio

12 de fevereiro de 2014 19:00 por: Categoria: Anna RamalhoPolítica 
O deputado federal Miro Teixeira (PROS-RJ) tem conversado com a ex-senadoraMarina Silva para ser o candidato do PSB/Rede no Rio de Janeiro e, assim, dar palanque a Eduardo Campos no estado. A avaliação dos envolvidos nas negociações – além do PSB e do PROS, o PPS também integraria a chapa – é que o apoio de Marina, muito bem votada em 2010 pelos fluminenses, poderia desequilibrar a balança e viabilizar Miro.


TERÇA-FEIRA, 14 DE JANEIRO DE 2014

 
   MIRO TEIXEIRA NO FACEBOOK     


Miro Teixeira é o pré-candidato a Governado do RJ, apoiado por Marina Silva que obteve 2.693.130 de votos no Estado, quase 1/3 (31,52%). Ainda poderá receber, também, apoio do PSB, partido do Governador Eduardo Campos, seu provável companheiro de chapa, ao qual ela também esta filiada, cuja sinergia, certamente, potencializará seu desempenho eleitoral em terras fluminenses.



 

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

10 de fevereiro de 2014
Correio Braziliense

 
Manchete: Projeto abre brechas para supersalários
Aprovado em comissão composta por deputados e senadores, no fim do ano passado, o texto estabelece 25 situações em que o contracheque de servidores poderá ultrapassar o salário máximo do funcionalismo, fixado hoje em R$ 29.462,25. A justificativa é de que se trata da regulamentação do artigo 37 da Constituição Federal, que exclui da aplicação do teto as parcelas de caráter indenizatório, como diárias de viagem, verba para mudança e auxílio-moradia. Mas os parlamentares foram além e ampliaram a lista dos benefícios. (Págs. 1 e 2)
Insegurança leva comerciantes a fecharem lojas no Plano (Págs. 1 e 20)

 
Violência: Telefone liga deputado do PSol a black bloc
Advogado do tatuador responsável por passar um rojão a homem que feriu cinegrafista durante manifestação no Rio diz ter recebido ligação de uma ativista. Ela teria afirmado que oferece apoio jurídico a pessoas ligadas ao deputado estadual Marcelo Freixo. Rapaz preso ontem vai ajudar a polícia a identificar o acusado de acender o artefato. (Págs. 1 e 6)
Copa provoca choque de realidade no Brasil (Págs. 1 e Crônica da cidade, 22)

 
Suíça impõe cota para estrangeiros
Em referendo, país dá passo atrás e decide pelo fim da livre circulação de cidadãos da União Europeia, em vigor desde 2002. (Págs. 1 e 13)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

 
Manchete: Gritos por justiça
Famílias de jovens mortos em BH cobram punição de agressores

Matheus era um jovem bem-humorado. Apaixonado pelo Cruzeiro, namorava uma colega do curso de engenharia de produção, levava o irmão mais novo à escola todos os dias, pretendia fazer intercâmbio e aprender alemão. Leandro, também brincalhão, teve de abandonar a escola para trabalhar e ajudar a família, inclusive bancar remédios para o pai doente. Conseguiu dois empregos, acordava de madrugada para entregar pães e agora abriria o próprio negócio.

Mas a vida e os sonhos dos dois jovens se perderam tragicamente no fim de semana. Matheus foi executado com três tiros por dois assaltantes que levaram o carro dele quando saía da casa de um amigo na noite de sexta-feira. Leandro estava na segunda entrega do dia, às 5h de sábado, e foi atropelado por um ix35 Hyundai dirigido por Germano Stein, que admitiu à PM ter bebido. Os dois foram sepultados ontem em meio à dor e à indignação das famílias, que cobram a punição dos responsáveis. (Págs. 1, 17 e 18)

Ganho de servidor federal poderá passar de R$ 30 mil (Págs. 1 e 3)

 
Vereador: Wellington Magalhães faz festa em ritmo de campanha eleitoral (Págs. 1 e 5)

 
Consumidor: Risco do golpe do aluguel por temporada cresce no carnaval (Págs. 1 e 13)

 
Agropecuário: Safra de feijão deve bater recorde de produção, mas remuneração desestimula agricultores. (Págs. 1, Capa e 3 a 5)

 
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

 
Manchete: 15 dias sem ônibus na capital - Tribunal derruba liminar que impedia piquetes de grevistas
Decisão de desembargadora da Justiça do Trabalho permite que funcionários de empresas bloqueiem saída de veículos das garagens.

Rodoviários têm nova assembleia hoje. (Págs. 1, 4 e 5)

Blindagem: PSDB atua para isolar Aécio de escândalo
Enquanto STF encaminha análise do mensalão tucano, sigla prepara estratégia. (Págs. 1 e 8)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

 
Manchete: "Não há crescimento vigoroso sem indústria"
Com a experiência de décadas no debate sobre os rumos da economia, o empresário Paulo Francini preocupa-se com a participação do setor no PIB, hoje em 13,6%. “Se nada acontecer, em cinco anos passará a corresponder a apenas 9%”. Integrante do grupo de industriais que lutou pela redemocratização do país, ele tornou-se interlocutor de todos os governos, de Sarney, passando por FH e Lula, ao atual. Guido Mantega, sempre que necessário, consulta a opinião de Francini, para quem “não há medida mágica” que faça o setor se recuperar a curto prazo. De 2014, com Copa e eleições, ele diz: “O ano promete boas emoções, mas não para a indústria”. (Págs. 1 e 4 a 7)
Pré-sal: Mais portos no litoral do Rio de Janeiro
O aumento de produção de petróleo mobiliza duas cidades litorâneas na busca de investimento em infraestrutura. Em Maricá, o terminal de R$ 6 bilhões está em fase final de licenciamento. Macaé iniciou audiência pública para projeto de R$ 900 milhões. (Págs. 1 e 11)
Energia: Receita é desafio para operadores
O Grupo Eletrobras e a estatal chinesa State Grid, que arremataram linha da rede de transmissão de Belo Monte com deságio de 38% na última sexta-feira, terão pouca margem de lucro para os investimentos necessários, alertam especialistas. (Págs. 1 e 8)
Eleições
Apoio de PP e do PMDB é alvo de disputa de candidatos de outras legendas na corrida ao Senado em Santa Catarina. (Págs. 1 e 3)
Mobilidade
Empresas de transporte começam a adotar a biometria para combater fraudes na gratuidade. (Págs. 1 e 10)
Fundos
Investimentos imobiliários perdem atratividade com alta da Selic, apesar de preço de imóveis em alta. (Págs. 1, 20 e 21)

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Descoberto plano para extorquir Marcos Valério (Josias de Souza)
  • Fernando Donasci/Folha
À espera da chegada de Marcos Valério, a administração da penitenciária mineira Nelson Hungria detectou um plano de presidiários para extorquir o ex-operador das arcas clandestinas do PT assim que ele chegasse. Planejavam a investida líderes de uma facção criminosa chamada Comop, Comando Mineiro de Operações. A trama foi descoberta graças a um sistema de monitoramento de conversas de presos que funciona na cadeia, localizada na cidade de Contagem.
Deve-se a revelação à repórter Josie Jeronimo. Ela ouviu o coordenador do Comando de Operações Especiais da cadeia mineira, Adeilton Souza Rocha. Que confimou o ocorrido e relatou as providências adotadas. “Com o intuito de coibir isso, redobramos a vigilância para monitorar individualmente esse preso com poder aquisitivo. Não queremos trazer um fato político para dentro da nossa unidade.”
De resto, os líderes da tal facção foram transferidos para outro pavilhão. E Valério, quando chegar, terá de passar um mês isolado, “em observação”. Preso na penitenciária da Papuda, em Brasília, Valério aguarda autorização do STF para se transferir para Minas, seu Estado.
Na terça-feira, 28, o ministro Ricardo Lewandowski, que respondia pelo plantão do Supremo na fase final do recesso do Judiciário, enviou ofício ao juiz da Vara de Execuções Penais de Contagem. Na peça, indagou sobre a existência de vaga no cadeião de Contagem, onde já aguardam por Valério um número de matrícula, uma cela e o uniforme vermelho.
Em 2009, detido na penitenciária de Tremembé, em São Paulo, Valério já havia sido vítima de criminosos que enxergaram nele uma oportunidade a ser aproveitada. Nessa época, o operador do mensalão disse a amigos que sofreu violência física e psicológica. Curiosamente, a trama farejada na penitenciária de Contagem pode ser útil para Valério.  Ele ganha argumentos para requerer a transferência para uma Apac, como são chamadas as associações de Assistência e Amparo ao Condenado.
Há quatro unidades da Apac em Minas Gerais. Nelas, os presos recebem “atendimento humanizado”. Não há agentes penitenciários para prevenir fugas. Os familiares não passam por revistas humilhantes em dias de visita.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

LEIA A EDIÇÃO DO DIA EM QUE CLICAR NO LINK QUE FICA ABAIXO DO NOME DE CADA JORNAL, ATUALIZADO AUTOMATICAMENTE, INDEPENDENTE DE NOVAS POSTAGENS:



CORREIO BRAZILIENE
Correio Braziliense é um portal de conteúdo. Todas as notícias da atualidade e uma cobertura completa de tudo que acontece no Distrito Federal.
www.correiobraziliense.com.br



JORNAL HOJE EM DIA - Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais;
Belo Horizonte, Uberlndia, Uberaba, Muria, Itauna, São João Del Rei, Montes Claros, Poços de Caldas, Passos ...
www.ejornais.com.br/jornal_hoje_em_dia.html


O DIA ONLINE
O DIA com últimas notícias do Rio, do Brasil e do mundo com fotos e vídeos. O que rola na vida das celebridades e no planeta bola. E muito mais: Economia ...

 
ZERO HORA - Jornal do RS com notícias, esportes, colunistas e mais
No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, polícia, política, moda, cultura, colunistas e mais.


JORNAL O GLOBO
As principais notícias do dia e da semana estão agora na nossa capa! Jornal O Globo, a fonte de informação mais completa do Brasil

        
 JORNAL DO BRASILNotícias.Vídeos e Fotos em Tempo Real
Primeiro jornal brasileiro a ter uma edição online na internet, com cobertura completa do Brasil e do mundo. Conta também com notícias em tempo real.

www.jb.com.br



JORNAL DO COMMERCIO - O melhor e maior jornal de Pernambuco
jconline.com.br é o portal de notícias do Jornal do Commercio, o maior e melhor jornal de Pernambuco e do Nordeste do Brasil. Aqui você tem notícias atualizadas ...


 
JORNAL DO COMMERCIO
Jornal diário tradicional do Rio de Janeiro, fundado em 1827 por Pierre Plancher. Notícias diárias locais, nacionais e internacionais. Conta com artigos, colunas ...


Jornal Extra - Extra Online
extra.globo.com As últimas notícias, serviços e entretenimento. Todas as informações úteis e interessantes estão no site do Jornal Extra
http://extra.globo.com/


 
LEIA TAMBÉM:


UOL NOTICIAS no Painel do Paim, atualizado p ara o instante em que você clicar no Link, a seguir:
UOL Notícias: As notícias e imagens mais importantes de Política


AGÊNCIA BRASIL NO PAINEL DO PAIM



        FOLHA DE S. PAULO - Jornal on-line com notícias, fotos e vídeos

 
  LEIA MAIS:
REDE DE BLOGS DO PAIM
Através do Link abaixo, você poderá conhecer os 599 Blogs que integram o Painel do Paim, o maior aglomerado de Blogs do Planeta (uma parceria do Google e Edson Nogueira Paim) e, poderá acessar qualquer um deles, para o que basta clicar sobre o nome do Blog escolhido para ler suas postagens. CONFIRA!
 http://www.blogger.com/profile/04886160289569279765

         Edsonpaim.com.br - Seu portal de notícias

 
   (Edson Nogueira Paim escreveu)

sábado, 11 de janeiro de 2014

Panorama Político - 11-01-2014 (O Globo - Ilimar Franco)


De olho na província
          A base aliada está irritada com os ministros Aguinaldo Ribeiro (Cidades), Gastão Vieira (Turismo) e Antônio Andrade (Agricultura). Eles privilegiaram seus estados na liberação de créditos extras. No Turismo, de R$ 479,9 milhões, o Maranhão levou R$ 66,3 mi. No das Cidades, de R$ 331 milhões, a Paraíba ficou com R$ 41,6 mi. Na Agricultura, Minas ganhou R$ 50,1 milhões, de R$ 186,4 mi.
Sai Eike, entra Eurnekian
A presidente Dilma vai a Minas, na próxima semana, para a assinatura de contrato para a instalação de uma fábrica de semi condutores em Ribeirão das Neves. Este empreendimento, de R$ 1,1 bilhão, com participação da IBM, BNDES e BDMG, esteve ameaçado quando um de seus sócios, Eike Batista, entrou em crise. A instalação da SIX vai ser mantida e isto será possível com a entrada, como acionista, do empresário Eduardo Eurnekian (Corporação América), que é radicado na Argentina. Seu investimento será de R$ 200 milhões. Para tanto, o ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento) e o governador Antonio Anastasia trabalharam lado a lado.

Esse negócio de que os estrangeiros estão com medo de vir para o Brasil é conversa fiada, é só terrorismo

Fernando Pimentel
Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio

Mudança de rumo
Circula no Rio a informação de que o deputado Brizola Neto não será candidato à Câmara dos Deputados. Contam que seu projeto é recuperar o o acervo do ex-governador Leonel Brizola e desvincular sua imagem do desgastado PDT.


Olho vivo
O presídio de Pedrinhas, no Maranhão, palco de recente rebelião, não é o único que está na mira da Secretaria de Direitos Humanos. A pasta, dirigida pela ministra Maria do Rosário, já acompanha outros casos de graves violações dos direitos humanos. Estão no foco os presídios: Central de Porto Alegre (RS), Anibal Bruno (PE) e Urso Branco (RO).

Chega para lá
A direção do PT vai ter trabalho para administrar os chiliques dos candidatos petistas nos estados. O partido quer evitar que eles impeçam na Justiça que aliados usem a imagem da presidente Dilma. O argumento é o de que os petistas já tem Lula.

Os preferidos
Os ministros parlamentares foram privilegiados nas liberações de emendas no final do ano. Segundo um deles, o Planalto garantiu a cota máxima de R$ 15 milhões, prevista no Orçamento de 2013, para cada um. Líderes e membros da Comissão de Orçamento tiveram bônus extra. Os demais parlamentares ganharam R$ 10 milhões.

É sempre assim
A última vez em que o STF rejeitou um pedido de intervenção num estado foi em 2010. Depois da Operação Pandora da PF, o governador de Brasília, José Roberto Arruda, e seu vice Paulo Octávio, foram obrigados a renunciar aos cargos.

Lendas urbanas
Está sendo atribuído ao poder da família Sarney o fato do STF não decretar intervenção no Maranhão. A vida real é diferente. O Tribunal nunca decretou intervenção num estado. Atualmente há 122 pedidos em tramitação.

Soluções caseiras. Os secretários executivos, das pastas cujos ministros sairão para concorrer, estão com a bola toda. Figurões foram descartados.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Panorama Político - 08-01-2014 (O Globo - Ilimar Franco)         
Cobrança indevida             

             O PP prepara ação, junto ao STF, contra os governos de São Paulo, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Mato Grosso. Estes cobram indevidamente o ICMS da conta de luz. Os estados ignoram o desconto concedido, no governo Dilma, de 20% do valor da conta. O usuário paga R$ 80 em conta de R$ 100. Mas os governos cobram o imposto sobre o valor cheio e não do pago pelos consumidores.

Espelho, espelho meu
A cúpula do PMDB não engole as especulações dos petistas sobre a redução de um ministério do partido. O PT acha que o aliado deve perder uma pasta caso receba o Ministério da Integração na reforma. O PMDB avalia que manter os atuais postos (Minas e Energia, Agricultura, Turismo e Aviação Civil) e ocupar a nova pasta é condizente com o peso do partido no governo Dilma. Eles lembram que, no governo Lula, os peemedebistas tinham maior peso na gestão. O partido comandava a Saúde, a Integração e as Comunicações. Por isso, consideram que, depois de dois anos ocupando postos secundários, já está na hora de o PMDB exercer funções de maior visibilidade política.

A macroeconomia é uma coisa. Mas se a economia do cotidiano estiver bem, a campanha pela reeleição da presidente Dilma será favorecida

Michel Temer
Vice-presidente da República (PMDB)

Corrida contra o relógio
Os líderes querem acelerar a votação da PEC dos Mensaleiros na Câmara. Aprovada no Senado, ela leva à perda automática do mandato por crimes de corrupção. Querem evitar o constrangimento de votar a cassação de João Paulo Cunha (PT-SP).


Investindo no sul
O candidato do PSB ao Planalto, o governador Eduardo Campos (PE), gravou inserções regionais que serão exibidos a partir desta sexta-feira em rede de televisão no Paraná. O socialista tem conversado com frequência com Marina Silva (Rede). E ambos têm se confessado impressionados com o volume das tentativas de intrigá-los.

Orientação geral para os socialistas
Os dirigentes regionais do PSB estão sendo orientados a evitar atritos com o PSDB. Onde não for possível uma aliança, eles são aconselhados a lançar candidatos com capacidade de diálogo. O objetivo é limpar os trilhos para o segundo turno.

Explicação para o leiteiro
O presidente da FIFA, Joseph Blatter, mandou mensagem ao Planalto explicando suas recentes declarações. Ele não nega ter dito que nunca os estádios ficaram prontos tão em cima da hora. Mas fez questão de explicar que sua fala não tinha o tom, ou o objetivo, de apontar a existência de um risco na realização e no êxito da Copa.

A disputa pela vice
Foi o presidente do PMDB mineiro, Saraiva Felipe, dizer que quer ser o candidato a vice na chapa de Fernando Pimentel (PT) ao governo de Minas, que o ministro Antônio Andrade (Agricultura) também apresentou seu nome.

Copa e eleição
O candidato do DEM ao governo do Rio, o vereador Cesar Maia, está prevendo que esta campanha será a mais curta de todas as disputas presidenciais. Sua avaliação é que o fato da Copa ser no Brasil, vai retardar o embate político.

Fugindo da raia. A oposição mineira tem enorme dificuldades para disputar o Senado. Ninguém quer enfrentar o governador Antônio Anastasia.